sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Anjo, será?!

Incrível como eu tenho a capacidade de me atrasar de manhã cedo [mesmo odiando a palavra "atrasar"], acordei, pulei do sofá [sim to dormindo no sofá ainda, e por opção], vesti a 1° roupa que apareceu na frente [nada que eu não ficasse mal arrumada RÁ], enquanto eu escovava os dentes pensei...dá tempo de pegar o azulzinho [aqui é pega facil], ok ok, desco escadas abaixo com um equilibrio em cima do salto impressionante, e lá estou...na frente do meu condomínio!SIM MEU! [antes que voces falem]
Passa 10 minutos nada, 20 min...30 min... á essa hora já estava uns 35 min atrasada!Minha paciencia indo pro beleléu... eu so pensava, cade o meu carro, eu quero o meu carro...posso afirmar que tive o mesmo pensamento que a Cintia nos post em que ela colocou:
"Foi só tu ir embora que, tenho certeza, todos os caxienses compraram um Classe A só pra desfilar na minha frente. Eles me dizem com os olhos: "morra de saudade dela!" E riem sarcasticamente, esfregando as mãos e mudando a marcha."

Aqui anda acontecendo a mesma coisa, so passava esse tipinho de carro na minha frente, e cada vez que isso acontecia a minha raiva aumentava!
Mas então eu tive uma otima ideia [tipico de loira por ter demorado a pensar nisso]:
TÁXI! obveo...e conseguir um táxi? não passava unzinho, e os que passavam já tinham pessoas dentro que provavelmente estavam atrasada como a minha pessoa...

Nisso surge um gari, ou como ele mesmo disse "sou o jardineiro da rua", me cumprimentou, eu retribui com um sorriso amarelo [porra meu dia ja tinha começado avesso]
Nisso ele pega e me diz: - Se eu fosse morrer de arrependimento, já estaria morto! E eu ali com a cara amassada ainda imaginando o que ele tava querendo me dizer com aquilo, mas não questionei ate porque não tava afim de muito papo!So esbocei um ar..."poxa vida" e disse: - e eu to atrasada, preciso de um táxi!
[vale incluir que eu tava sem celular]
O que aquele senhor fez, pode parecer simples aos olhos de uns, mas pra mim, foi um gesto de carinho e atenção. Afinal ele não tinha motivos nenhum para me ajudar! Ele tentava parar os taxis que passavam, ele ligou a cobrar para pedir um taxi para mim, ele foi até uma concessionária de carros perto da minha casa para ver se ali não tinha nenhum... até que ele me disse: desculpa senhora mas eu não consegui, mas eu fico aqui contigo para parar quando passar um livre!

Certo que eu agradeci a ajuda dele, mas disse que me virava, que ele poderia voltar ao trabalho dele... nisso ele me olha novamente e diz: - eu estou de aniversário hoje!
Cumprimentei, dei os parabéns, e disse que ficaria ali esperando o possível taxi... Nisso ele pede meu nome, eu sabendo que ele não ia entender o Suani [quase ninguem entende] já disse logo,meio que sem pensar: - É Suelen. Ele me disse o dele, que devido a minha memória eu nao me recordo...

Para minha surpresa, do nada, ele pega e me dá um abraço. Ok, eu retribui, claro, tava um pouco sem jeito pela situação, até porque tinha conhecido aquele senhor a menos de 10 min atras. Ele me olhou bem nos olhos e disse: - Fica com Deus.
Agradeci e respondi alguma coisa como: -Bom trabalho pra ti e obrigada.
Ele se foi, e eu fiquei ali esperando o Táxi... nisso já eram 9:00 da manhã....
Passa uns 5 minutinhos eu olho para a rua para ver ele trabalhando, e eu não vejo...saliento que a rua da minha casa é plaina...sem morro, se ele caminhasse uns 500 metros eu ainda o veria.Ele simplesmente sumiu...consegui o carro e fiquei cuidando nas ruas aonde eu passava... e Nada!
Pode parecer besteira, mas aquilo mexeu comigo e tá mexendo com o meu dia!Alguem tão prestativo, educado! E foi a 1° vez aqui que alguem se importou comigo, se eu estava precisando de alguma coisa, ou de um simples taxi porque estava atrasada!
.
.
.
Ontem eu vi alguns familiares das vitimas do voo da TAM. E todas sem execessão disseram a mesma coisa:
A tua vida de um segundo para o outro pode mudar sem tu ao menos imaginar isso.
Faça valer a pena cada segundo: fale para quem voce ama que o ama, não deixe oportunidades passarem, deixe o orgulho de lado.
É isso, nos desapegar de certos sentimentos mesquinhos e viver. A gente não sabe quanto tempo temos ainda

5 comentários:

Rochele disse...

Su, acho que pode ser sim, ou do céu ou da terra mesmo. Como você mesmo disse seu dia estava uma droga e ele veio para dar uma luzinha.
É tão bom quando encontramos alguém assim pelo caminho né.

Laine. disse...

"cuide dos sentidos e os sons das palavras cuidarão de si mesmos."
Duquesa.

te amo.

Grasi disse...

É meu bem quando a gente menos espera, acontecem coisas que nos deixam boquiabertas e nos fazem pensar em tudo o que está acontecendo e no que vale a pena se apegar.
Se ele esteve em teu caminho, e te deu essa luzinha então foi porque você merecia esse cuidado... Merecia e merece!

Se cada um de nós cuidássemos uns dos outros, mesmo com um gesto simples de presteza, esse nosso mundinho estaria bem melhor...

Amo muito... conta sempre comigo ok!
=DDD

Adele Corners disse...

Tiozão fofo. Fica de olho e dá uns bombons pra ele na próxima vez que encontrá-lo.

Bjs

Laine. disse...

se tu não encontrar com ele, entrega os bombons pra mi mesmo!