quarta-feira, 27 de junho de 2007

Desabafo!

Não,não,e não!
Não estou de mal humor,e também não acordei com os dois pés esquerdos!

Explico: durmi muito bem obrigada,acordei descansada,descabelada e com uma vontade enorme de trabalhar (sim eu mudei),levantei,tomei banho,tomei meu chima,me arrumei,fumei,me maquiei,e vim trabalhar.E com o pique todo,três reuniões em uma manhã,um gerente bonitão do Boston Banc disse que meu sotaque é lindo (ui) e assim passei quase toda a manhã,e na realidade ainda estou tri bem!
*
*
*
*
Mas pensem comigo:tu conhece alguem,bacana até então,acha a pessoa legal,daí essa pessoa sai algumas vezes com a sua turma de amigos,se apresenta como uma pessoa cordial,enfim...

Nunca fui de pré julgar as pessoas,as vezes a 1° impressao não é das melhores,mãs,tento relevar até conhecer mesmo ou pelo menos o possível para ter uma opinão formada a respeito dela.Não consigo tratar mal, mas sim,consigo ser franca,ou ironica apartir do momento em que a pessoa faz por merecer,como em qualquer outra situação do nosso cotidiano.

Quem me conhece sabe do meu jeito extrovertido de ser,das brincaderias,das risadas,sim,me acho uma menina simpática,de personalidade forte. Mas isso não quer dizer que deixo que abusem, ou que comecem a ter certas liberdades que eu não aprovo.

Um exemplo bem fácil: dar tapinhas na minha bunda (podem dar risada),mas eu não suporto que alguem que eu não intimidade ou amizade o bastante faça isso.Vivo dando tapinhas na bunda da Gázi,da minha namoradenha,da Elaine,ops,Laine...mas sim,temos intimidade o bastante para isso!(e te falo em intimidade ho ho)! Outro exemplo: achar que conhece a tua vida mais do que a você mesmo.

Outra,eu tinha uns 14 pra 15 anos e arrumei um namoradEnho,e o meu pai não aprovava muito o namoro,1° pela minha pouca idade, 2° por ele ter 8 anos a mais que eu e 3° por que o garoto não tinha uma situação financeira lá que boa para o que ele julgava ser um bom namorado ou pessoa.Apartir da ignorancia do meu pai nesse quesito,porque o 1° hoje em dia eu percebo que ele tinha razao... (pais quase sempre tem razao) tive minha 1° demonstração de maturidade em uma conversa franca com ele.Simplesmente pedi o que ele tinha quando começou a namorar a minha mãe? tadinho,ele ficou branco,depois vermelho... foi aí que ele viu que não sou e nunca fui uma pessoa fútil achando que as pessoas são o que elas tem! Meu namoro foi muito bem obrigado,durou quase dois anos,e so terminamos por que acabamos indo para caminhos opostos!

Um dia a Gázi me disse uma coisa que me marcou muito.Numa das nossas saidas numa bela noite de verão...hehe ela falou: Su tu terias todos os motivos para ser a guria mais achada ou metida.Tu és linda,uma modelA "famosinha",tens um carro importado,vive sempre bem arrumada, mãs não!Tu é tu e pronto,humilde... cara isso valeu pra mim mais do que mil elogios!

Então eu não consigo admitir que pessoas que talvez possam ter mais oportunidades ou privilegios que outras se achem o "ó do borogodó" só por isso.

Nada disso tem um sentindo palpavel para te fazer sentir melhor ou maior do que qualquer um!

Quando tu morrer honey,tudo o que tu tens aqui não vai ir parar dentro do teu caixão.

Admiro as pessoas que sabem valorizar o que é importante mesmo na vida, eu graças a deus me sinto uma pessoa privilegiada.Não pelo o que tenho ou pelo o que conquistei no quesito material, mas por ter uma familia que sempre esta do meu lado, por ter amigos que realmente posso chamar de amigos.Ontem eu li alguma coisa do tipo "dizem que amigos de verdade não preenchem nem uma mão se for contar,mas graças a deus,eu posso dizer em alto e bom tom que eu preencho as minhas duas mãos e ainda faltará dedos para colocar os meus amigos" eu entro nisso,e agradeço muito!
Começa a fazer isso...assim, com certeza tu te tornará uma pessoa de verdade e de principios.Até o meu filho que ainda não tem 4 anos já aprendeu.É facinho!

Sorry pessoas...mas eu estava precisando fazer isso!
E sim eu to bem feliz, e morta de saudade de todos!

4 comentários:

Gáziiiiiiiiiiiiiiiiiii disse...

;)
Este post nem precisa de maiores comentários, só que eu te amo tu.

Adele Corners disse...

Ah precisa sim: o q houve? Tu TEM q me contar, bêibe!!!

Te amo e tô com mais saudade!!!

Laine. disse...

o que eu penso?

eu "com córdo"!

PUTACARACHATO!

Laine. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.